Confira informações sobre votação, chapas, justificativa de ausência e outras orientações

A eleição do novo plenário do Conselho Regional de Enfermagem

Legislação Rápida

Preencha os campos abaixo e faça a consulta na legislação

A eleição do novo plenário do Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo será no dia 31 de outubro (quarta-feira), das 8h às 20h. O próximo plenário terá mandado de apenas dois anos para completar o período estabelecido em todo o sistema Cofen/Conselhos Regionais, que é de três anos. Atualmente o Coren-ES está com um plenário designado pelo Cofen em razão de não ter havido eleição em 2017.

Todo o processo eleitoral segue rigorosamente o Código Eleitoral do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). A Comissão Eleitoral responsável pela eleição também solicitou, no início do processo, o acompanhamento de um representante do Ministério Público Federal.  Infelizmente, o MPF respondeu não ser possível atender ao pedido.

Urnas – Haverá um total de 86 urnas, sendo 63 fixas e 23 itinerantes. As instituições de saúde de médio e grande porte, na Grande Vitória e no interior, contarão com urnas fixas. Nos locais com menor número de profissionais os votos serão colhidos por urnas itinerantes. Confira AQUI o mapa das urnas.

Local de votação – Até o dia 9 de outubro foi possível mudar o local de votação. Agora o profissional poderá apenas verificar onde irá votar. MAS SÓ ESTARÁ NA LISTAGEM QUEM ESTAVA EM DIA COM O COREN-ES ATÉ 9/10.

Para VERIFICAR o local onde você vai votar, acesse o link: http://coren-es.institucional.ws/  Já com o link aberto, digite o número do seu registro coloque um tracinho e a sigla da sua categoria profissional. Tudo sem espaço Se no registro houver zero no início, NÃO DIGITE OS ZEROS INICIAIS. Ex:

224455-ENF

224455-TE

224455-AE

Voto – Para votar é preciso apresentar a carteira do Coren-ES, ou um documento de identidade original com foto. O profissional só poderá votar na urna onde consta o seu nome na relação de votantes. Mas há uma exceção: Caso o profissional tenha ficado apto a votar após 9/10 (pagou seu débito) ele poderá imprimir uma certidão negativa de débitos no site do Conselho e se dirigir a um local de votação mais próximo. Seu voto será colhido em separado, já que ele não estará em nenhuma listagem.

Como justificar ausência – Quem não votar terá prazo de 120 dias após a eleição para justificar ausência e evitar a multa no valor da anuidade de sua categoria profissional.

A justificativa pode ser feita pessoalmente, na sede do Coren-ES, em Vitória, ou nas subseções de Colatina, Linhares, São Mateus e Cachoeiro de Itapemirim. Também pode ser enviada pelos Correios ou por e-mail: justificativa@coren-es.org.br. Haverá ainda um link no site do Coren-ES para essa finalidade.

É preciso informar o nome, número do registro e o motivo da ausência. Basta escrever um texto simples.

Por exemplo: “Justifico minha ausência na votação de 31 de outubro de 2018 porque meu nome não estava na lista. Ou: porque estava doente”.

Não é necessário apresentar comprovante. Mas não se esqueça de colocar o nome completo e o número do registro.

Chapas – Duas chapas tiveram seus registros deferidos pela Comissão Eleitoral, e duas foram indeferidas por não atenderem ao Código Eleitoral do Cofen, conforme publicado no edital nº 02/2018. Assim, há uma chapa composta por enfermeiros e uma chapa integrada por auxiliares e técnicos de enfermagem.

Os enfermeiros só poderão votar na chapa composta por seus pares. A mesma regra vale para os auxiliares e técnicos. Somente o profissional que possui dois registros deverá votar em duas chapas. Por exemplo: quem tem registro de enfermeiro e de técnico vota na chapa de enfermeiros e também na chapa composta por técnicos e auxiliares de enfermagem.

Composição das Chapas:

CHAPA 1 Enfermeiros (Quadro I) “Por um Novo Coren”

Candidatos Efetivos

– Wladimilson Gama Almeida

– Suely Rodrigues Rangel

– Rachel Cristine Diniz Bossato

– Felipe Piassi da Silva

– Suedina Penha Stofel de Souza

Candidatos Suplentes

– José Ubaldo dos Anjos Jùnior

– Clay Grazziotti Assef

– Maristela Carneiro Luppi

– Rozani Altoé

– José Carlos Abreu de Carvalho

 

Chapa 1 – Auxiliares e Técnicos (Quadro II e III) “Unidos por uma Enfermagem mais Forte”

Candidatos Efetivos

– Rosangela Fernandes Alves França

– Onízia Alves Batista Cândido

– Livingstone Gianizelli Gomes

– Marcela Juliati dos Santos

Candidatos Suplentes

– Fabiana Maria do Amaral Bravo de Paula

– Josimar Bento dos Santos

– Eric Ferreira Pinto

– Maria Ernesta Barcelos Ost