O Coren-ES

O primeiro registro sobre o Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo é o termo de posse da Junta Especial do Conselho Federal de Enfermagem (Jecofen-ES), de 11 de agosto de 1975. A posse ocorreu na sede do Conselho Regional de Medicina, em Vitória, e foi presidida pela então presidente da ABEn-ES – Associação Brasileira de Enfermagem, enfermeira Erly Rabelo Brasil. Integraram a Junta Especial as enfermeirasDalimar Faroni e Ilsa Lima Faroni e a auxiliar de enfermagem Marta Emerenciana Loss.
A função da Junta era preparar a instalação do Coren-ES e divulgar as finalidades do Conselho, promover eleições para a primeira diretoria e iniciar o cadastro de profissionais no estado.
Após a conclusão dos principais requisitos para instalação do Conselho, foi eleita a primeira diretoria do Coren-ES, que teve como presidente a enfermeira Maruza Helena Rios dos Santos. A posse ocorreu na sede da Secretaria de Estado da Saúde, em 31 de outubro de 1975.
A segunda diretoria do Coren-ES tomou posse em 31 de outubro de 1978, e teve como presidente a enfermeira Ivete Alves dos Santos.
Ao assumir, a nova gestão foi informada dos sérios problemas financeiros pelos quais passava o Conselho, devido principalmente ao pequeno número de profissionais inscritos. Várias medidas já haviam sido tomadas pela diretoria anterior para reduzir custos. Uma delas foi a devolução da sala onde funcionava o Coren-ES, que era alugada, passando a ocupar uma sala no Hospital das Clínicas. Mesmo com toda redução de gastos, o resultado não foi satisfatório e o Conselho foi desativado em março de 1979. Com isso, os profissionais de Enfermagem do Espírito Santo passaram a se reportar a uma delegacia especial ligada ao Coren-RJ.
A reativação do Coren-ES se deu por meio da Decisão Cofen n° 15/85. Em outra Decisão, a de nº 03/86, o Cofen designou uma comissão provisória para compor a equipe de transição até a efetivação do processo eleitoral. O presidente dessa equipe foi o enfermeiro Paulo César Barros Ferreira, que tomou posse em 25 de fevereiro de 1986. Esse grupo editou o jornal “COREN-ES Boletim Informativo”, no qual divulgam a reativação do Conselho e o Edital do Processo Eleitoral.
Em 31 de outubro de 1986, toma posse como presidente do Coren-ES o enfermeiro Ivan Paulino, por meio de eleição interna do Plenário, para completar o mandato dos membros indicados na Decisão Cofen nº 03/86.
A primeira plenária eleita após a reativação do Coren-ES tomou posse em 31 de outubro de 1997 para um mandato até 1990. A presidente nesse período foi a enfermeira Hister Maria Pedroni de Freitas.
A diretoria que tomou posse em 31 de outubro de 1990 teve como presidente o enfermeiro Paulo Roque Colodete, que permaneceu até 30 de outubro de 1999. No dia 31 de outubro de 1999  iniciou-se o novo Plenário do Coren-ES, indicado pelo Cofen, pois não houve inscrição de chapas para o período. Assumiu então a presidência o enfermeiro Antonio José Coutinho de Jesus.
Em Junho de 2002, o Conselho realizou eleições para um novo mandato. Houve inscrição de apenas uma chapa, formada por enfermeiros. O Plenário eleito tomou posse em 31 de outubro do mesmo ano. Novamente o enfermeiro Antonio José Coutinho de Jesus foi escolhido por seus pares para presidir a entidade.
Os membros conselheiros eleitos e indicados para o mandato de 31/10/03 a 30/10/05 foram os enfermeiros Antonio José Coutinho de Jesus – presidente; Maria Cecília Marques Moura – secretária; Regina Célia Diniz Werner – tesoureira; Sheila Cristina de Souza Cruz – vogal e os auxiliares de enfermagem Alessandra Murari Porto, Solange da Costa Debortoli e Elias de Souza Lima – membros do CTC – Comissão de Tomada de Contas. Os auxiliares de enfermagem foram indicados pelo Cofen, já que não houve inscrição de chapa de profissionais de nível médio concorrendo ao pleito.
Em 17/06/2003, por meio da Portaria 07/03, a Sra. Rosangela Fernandes Alves, auxiliar de Enfermagem assume a vaga como conselheira efetiva em substituição ao Sr. Elias que solicitou licença.

A sucessão no Conselho após 2003 ocorreu na seguinte ordem:
De 30/04/2004 até 30/10/2005

Presidente: Antonio José Coutinho, enfermeiro
Secretária: Maria Cecília Marques Moura, enfermeira
Tesoureira: Regina Célia Diniz Werner, enfermeira
Comissão de Tomada de Contas: Alessandra Murari Porto, auxiliar de enfermagem;
Solange da Costa Debortoli, auxiliar de enfermagem; Rosangela Fernandes Alves, auxiliar de enfermagem.
Conselheira Vogal: Sheila Cristina de Souza Cruz, enfermeira
19/04/2006 até 30/04/2007
Presidente: Wilton José Patrício, enfermeiro
Secretária: Regina Célia Diniz Werner, enfermeira
Tesoureira: Alessandra Murari Porto, auxiliar de enfermagem
Comissão de Tomadas de Contas: Rosangela Fernandes Alves, auxiliar de enfermagem;
Solange da Costa Debortoli, auxiliar de enfermagem; Rosimere de Carvalho Lessa, auxiliar de enfermagem.
Conselheira Vogal: Sheila Cristina de Souza Cruz, enfermeira
29/03/2007 até 30/10/2008
Presidente: Wilton José Patrício, enfermeiro
Secretária: Regina Célia Diniz Werner, enfermeira
Tesoureira: Alessandra Murari Porto, enfermeira
Comissão de Tomadas de Contas: Rosangela Fernandes Alves, auxiliar de enfermagem;
Solange da Costa Debortoli, auxiliar de enfermagem; Maria Cecília Marques Moura, enfermeira.
Conselheira Vogal: Sheila Cristina de Souza Cruz, enfermeiro
31/10/2008 – 30/10/2011
Presidente: Wilton José Patrício, enfermeiro
Secretária: Fernanda Soares Martinez, enfermeira
Tesoureira: Rosangela Fernandes Alves, auxiliar de enfermagem
Comissão de Tomadas de Contas: Rejane da Silva Amorim; técnica de enfermagem
Rita de Cássia Ribeiro Lantiman, técnica de enfermagem; Suely Rodrigues Rangel, enfermeira.
Conselheiro Vogal: Renato Paulo Silva, enfermeiro
02/01/2012 –
Presidente: Antonio José Coutinho, enfermeiro
Secretária: Alessandra Murari, enfermeira
Tesoureira: Kallinca V. de Araujo, técnica de enfermagem
Conselheira Efetiva: Sheila Cristina de Souza Cruz, enfermeira
Comissão de Tomadas de Contas – CTC
Regina Célia Diniz Werner, enfermeira
Raimundo de Assis Martins, técnico de enfermagem
Romildo Galvão, auxiliar de enfermagem